Argamassa com cal hidratada ou aditivo? Qual a melhor opção?

Tempo de leitura: 6 min

Escrito por eliogualberto
em 15 de maio de 2022

Preparar argamassa com cal hidratada ou aditivo? Pode parecer uma questão simples decidir sobre o preparo das argamassas de assentamento ou revestimento para sua obra, mas esta questão deve ser bem avaliada, já que a argamassa será um dos produtos mais utilizados durante todo o processo da construção.

Argamassa com cal hidratada ou aditivo?

Existem várias questões que podem influenciar na hora da decisão, entre elas, disponibilidade dos produtos, custo e a cultura local quanto ao uso dos produtos.

Teremos em nosso site, a partir de agora, duas calculadoras de materiais que possibilitarão o cálculo da quantidade de tijolos ou blocos de vedação e, também, da argamassa de assentamento.

Em uma delas você contará com o traço feito com cimento, cal hidratada e areia, com a proporção de 1:2:11.

Na outra calculadora teremos a possibilidade de cálculo com uso de cimento e areia, acrescentando aditivo plastificante para dar trabalhabilidade a argamassa.

Existem vários aditivos plastificantes disponíveis no mercado brasileiro, como Vedalit da linha de produtos Vedacit da Otto Baumgart ou o Viacal da Viapol.

Traços de Argamassa com Cal Hidratada ou Aditivo

As argamassas de assentamento ou revestimento, dosadas nas obras, seguem traços passados pela experiência dos mestres, encarregados e pedreiros de canteiro para canteiro, mas é comum encontrar proporções de materiais que não terão bom desempenho, seja pela falta ou excesso de algum dos materiais componentes.

Para o assentamento com argamassa que utilize cal hidrata podem ser utilizados traço com a proporção de 1:2:8 ou 1:2:9, sendo 1 parte de cimento, 2 partes de cal hidratada e 8 ou 9 partes de areia média lavada.

Todos os componentes deverão ser medidos em volume.

Na maioria das obras utilizam-se latas de 18 litros como base de medidas ou carrinhos de mão que correspondem a 3 latas.

O cimento é tomado como o volume de 2 latas para sacos de 50kg.

Para argamassas com uso de aditivo plastificante deve sempre se consultar as indicações do fabricante do produto.

No caso dos dois produtos já citados (Vedalit e Viacal) são indicados traços com as proporções máximas de 1:6 quando se faz revestimento e 1:8 quando se faz assentamento de tijolos ou blocos.

O aditivo plastificante, para os dois produtos, é recomendado 100ml para cada 50kg de cimento.

O cimento ideal para uso com estes plastificantes é o CP II ou V e areia média.

Argamassa com Cal Hidratada ou Aditivo Vantagens e Desvantagens

Vantagens e desvantagens dos Aditivos plastificantes para argamassa

No caso da argamassa com uso do aditivo plastificante a principal vantagem é a simplificação do processo, já que acrescentar 100ml do produto na água é bem mais simples do que manusear sacos de cal.

Por esta razão estes aditivos têm tomado cada vez mais espaço nos canteiros de obras, em relação ao uso da cal hidratada ou não.

Outras vantagens citadas pelos fabricantes ao usar aditivos plastificantes são:

· Melhora a aderência ao substrato e torna mais rápido o trabalho podendo o revestimento ser sarrafeado logo após a aplicação;

· Sua característica plastificante reduz a quantidade de água utilizada na argamassa, reduzindo as fissuras de retração;

· Evita o aparecimento de manchas esbranquiçadas após a pintura, conhecidas como saponificação e eflorescências;

· Ao contrário de massas com cal, não acarreta prejuízos aos sistemas impermeabilizantes;

· Maior economia: 100ml  para 50kg de cimento;

· Não contem cloretos;

· Dependendo do traço de argamassa e da areia a ser utilizada, dispensa, ou reduz consideravelmente, a utilização da cal convencional;

· Uso imediato, argamassa não precisa ser curtida.

Dentre as desvantagens do uso de aditivos plastificantes acredito que esteja a ausência de ensaios de laboratórios que demonstrem sua eficiência, de forma independente dos dados divulgados pelos fabricantes.

A alta proporção de agregados (areia) em relação ao volume de aglomerantes (cimento) recomendados não tem informações de desempenho demonstrados com respeito a vida útil, resistência e outras características esperadas em uma argamassa.

Vantagens e desvantagens do uso de cal hidratada para argamassa

O uso da cal hidratada nos canteiros facilita o uso deste insumo em relação a cal virgem que demanda todo um processo para estar pronta para o uso.

A cal incorpora vantagens para a argamassa, como:

· O uso da cal em argamassas apresenta vantagens ambientais, pois durante o endurecimento da cal, ela reage com o CO2 presente na atmosfera, fixando-o como carbonato de cálcio ou de magnésio.

Assim, a “rocha carbonática” original empregada na produção da cal é reconstituída quimicamente, praticamente zerando a geração de CO2 que causa o efeito estufa.

· Em termos construtivos, a cal auxilia na plasticidade da argamassa fresca e na deformabilidade da argamassa endurecida, minimizando as microfissuras, especialmente em locais sujeitos a intempéries e com oscilações bruscas de temperatura ou molhagem (devido às chuvas) e secagem reincidentes.

Estas duas vantagens são melhor detalhadas em artigo da aecweb.

· A cal é um aglomerante (função do cimento), por isto mesmo seu uso possibilita redução do consumo de cimento, sem perder a resistência da argamassa.

Falando nas desvantagens, acredito que hoje a principal delas em relação a cal hidratada trata do comparativo com os aditivos plastificantes, que é a dificuldade logística.

Não tem como negar, se você tem os dois produtos disponíveis será muito mais prático para a obra lidar com os plastificante, pois um litro ou um galão podem fazer muitos traços, sem acrescentar praticamente nenhum esforço ou custo de mão de obra a mais para produção da argamassa.

Outra questão importante, como desvantagem, diz respeito a possibilidade de aquisição de cal hidratada de baixa qualidade, ou com cura inadequada, que pode gerar patologias nos revestimentos.

É importante optar por boas marcas e avaliar bem se um preço mais baixo não irá te conduzir a um problema futuro.

Custo de argamassas para assentamento de tijolos

Para um simples efeito de comparação, vamos utilizar preços de materiais coletados na internet, em maio de 2022, e simular o custo de argamassas para assentamento, com cal hidratada e aditivo plastificante.

Argamassa com Aditivo Plastificante ou Cal Hidratada? Qual o melhor?

Os traços serão:

· Com cal: 1 de cimento : 2 de cal hidratada tipo CH III : 11 de areia lavada média

Para 1m3 de argamassa serão necessários (com base na TCPO13) 133 kg de cimento, 133kg de cal hidratada e 1,12m3 de areia lavada média.;

· Com aditivo: 1 de cimento : 8 areia média : 100ml de aditivo plastificante para 50kg de cimento.

Para 1m3 de argamassa serão necessários (com base na TCPO13) 182kg de cimento, 1,12m3 de areia lavada média e 364ml de aditivo.

Preços:

Cimento CPII: R$31,50 saco 50kg = 1kg vale R$0,63;

Cal hidratada CH III Itau: R$14,99 saco de 20kg = 1kg vale R$0,75;

Areia média: R$150,00 por m3;

Vedalit: R$44,90 galão de 3,6 litros = 1 litros vale R$12,47. = 1ml vale R$0,01247

Custo de 1m3 de argamassa com cal hidratada

133kg de cimento * R$0,63 : 133kg de cal * R$0,75 : 1,12m3 de areia * R$150,00 = R$351,54

Custo de 1m3 de argamassa com aditivo plastificante

182kg de cimento * R$0,63 : 1,12m3 de areia * R$150,00 : 364ml de aditivo * R$0,01247 = R$285,38

Cálculo da quantidade de materiais para argamassas de assentamento.

Então, se comprarmos o preço para produzir 1m3 de argamassa de assentamento, com os critérios acima, a argamassa com aditivo plastificante terá um custo menor, cerca de 18%, em relação a que seria produzida com cal hidratada.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


1 Comentário

  • Claudemir Antônio Staudt disse:

    Excelente explicação e de fato comprovada e praticada em nossa obra.