Custo por m2 do CUB Entenda o Que É

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por eliogualberto
em 9 de março de 2021

Custo por m2 do CUB entenda o que é

O custo por m2 do CUB é uma das referências de preços mais conhecidas e utilizadas da construção civil brasileira.

CUB é abreviatura do termo Custo Unitário Básico.

Ele foi criado em 1964 por uma lei federal que estabeleceu que os Sindicatos da Industria da Construção (Sinduscon) teriam que providenciar e divulgar os custos para se construir em cada estado, seguindo uma metodologia de cálculo determinada pela ABNT, que atualmente é a NBR 12721:2006.

Desde que foi criado o CUB teve ampla aceitação e passou a ser referência para todo o país, que passou a utilizá-lo como índice do setor de construção civil.

O CUB é calculado para diversos tipos de projetos, chamados “projeto padrão”, e cada um destes projetos são orçados com base em vários padrões de acabamento.

O custo por metro quadrado do CUB é parcial e não global.

Não leva em conta custo que podem variar de uma obra para outra, como projetos, fundações, muros, urbanização, movimentação de terra, impostos e taxas, que não sejam aquelas aplicadas sobre a mão-de-obra.

Cada SINDUSCON em seu estado deve divulgar o CUB até o quinto dia de cada mês, com referência ao mês passado.

Estes valores são amplamente utilizados pelos profissionais da construção, como estimativas dos custos de obras e como parâmetro para atualização de orçamentos e contratos.

Uma informação importante diz respeito ao CUB de referência, que é o projeto padrão adotado por cada SINDUSCON para servir como referência dos cálculos que mostram a evolução mensal do CUB, refletindo os preços da construção, o que possibilita ser usado como indexador contratual oficial.

Projeto Padrão para o custo por m2 do CUB

Para determinação dos custos, a norma da ABNT estabelece vários projetos, como base para apuração dos valores.

A norma os define como “Projetos selecionados para representar os diferentes tipos de edificações, que são usualmente objeto de incorporação para construção em condomínio e conjunto de edificações”.

Existem projetos definidos para:

-residências destinadas a uma única família (unifamiliar), diferenciados por área de construção e número de quartos;

-conjuntos residenciais de 8 pavimentos e 16 pavimentos;

-prédios populares de até 4 pavimentos;

-projetos de interesse social;

-projetos para edifícios comerciais;

-projetos para galpão industrial.

Padrões de acabamento do custo por m2 do CUB

Os projetos padrões são qualificados além do número de pavimentos e área construída pelo seu padrão de acabamento.

No caso dos projetos residenciais unifamiliar, que é o nosso foco, temos os padrões de acabamento definidos como:

-Baixo;

-Normal; e,

-Alto.

Com estas duas classificações podemos enquadrar a maioria das construções residenciais, e assim poder utilizar o custo por metro quadrado CUB como primeira referência de composição de custos.

Veja na tabela a tipificação dos projetos padrão do custo por m2 do CUB:

Custo por m2 do CUB - Caracterização

 

Plantas baixas dos projetos padrão CUB

– Planta Casa Unifamiliar padrão Baixo (R1-B)

Planta padrão R1-B CUB

Planta Casa Unifamiliar padrão Normal (R1-N)

Planta padrão normal CUB R1-N

Planta Casa Unifamiliar padrão Alto (R1-A)

Planta Padrão Alto CUB R1-A

Tipos de acabamentos dos projetos padrão CUB

Além da composição arquitetônica e da área construída, os projetos padrão se diferenciam pela especificação dos materiais de acabamento.

É importante destacar que não se trata de obra de com qualidade inferior e outra com qualidade superior, quanto aos métodos construtivos.

A qualidade de impermeabilização, assim como a resistência de concretos e argamassas é a mesma para qualquer um dos projetos.

Mas os itens de acabamentos são diferentes, levando a custos diferentes.

Um projeto usa bancada de granito, enquanto o outro bancada sintética.

Um projeto usa nas salas cerâmica esmaltada com PEI III, outro usa cerâmica PEI IV, outro usa tacos de madeira.

Desta forma, além das quantidades, a especificação dos acabamento fará com que os projetos tenham custo total muito diferentes, assim como o custo por metro quadrado.

Veja o vídeo sobre este tema

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!