Quais São os Projetos Necessários para uma Construção?

Tempo de leitura: 2 min

Escrito por eliogualberto
em 15 de abril de 2022

Você sabe Quais São os Projetos Necessários para uma Construção?

Neste artigo em que utilizo um breve vídeo, analiso a importância de se elaborar projetos executivos completos para execução de obras comerciais ou residenciais.

A falha no entendimento dos projetos ou a ausência de definições, é um dos maiores problemas no dia a dia da construção, que levam a retrabalhos, trabalhos mais caros e correções nem sempre adequadas, além de, eventualmente, não atender o objetivo esperado do cliente contratante.

Já analisamos algumas das questões que levam aos famosos “furos” de orçamento em um dos nossos artigos, porém a ausência de projetos bem definidos merece sempre ser frisada.

É preciso estar atento a esta questão e analisar bem Quais São os Projetos Necessários para uma Construção? antes de programar a marcação do seu gabarito de obra.

Um correto planejamento de construção tem que considerar os projetos concluídos como condição para iniciar uma obra e também para apresentar um custo realista para o contratante.

É comum a ansiedade de se partir para execução quando se consegue a aprovação do projeto na prefeitura e emissão do alvará de construção, mas o cliente precisa estar ciente que os projetos executivos são realizados ou finalizados após a aprovação do projeto, e o tempo de conclusão de todos os projetos executivos precisam ser respeitados.

Pode ser difícil de explicar, mas este prazo gasto na fase de projeto vai dar condições ao construtor de atender o prazo final de execução da obra, e o mais importante, executar a obra que o cliente deseja, dentro do custo previsto.

Quais são os projetos necessários para uma construção?

Os projetos são elaborados definindo se primeiramente a arquitetura da construção, onde se contempla as exigências legais a serem atendidas para aprovação nas prefeituras e demais órgãos responsáveis.

São atendidas questões como recuos frontais e laterais, altura da edificação, área de permeabilidade, índice de aproveitamento do terreno, área máxima de construção e demais exigências apresentadas quando é solicitado o documento de usos do solo, que normalmente apresenta o que deverá ser atendido.

Este projeto de arquitetura vai atender as necessidades do cliente quanto a distribuição dos espaços, tamanho e quantidades de cômodos, fachadas e todas as definições do plano de necessidades.

Porém será um projeto de arquitetura com informações insuficientes para execução da obra, assim como todos os outros projetos (estrutura, instalações) definidos nesta fase.

Estes projetos deverão agora ser detalhados e compatibilizados para que gerem informações suficientes a sua boa execução.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!