Quanto se gasta em cada etapa da obra? Qual é a fase mais cara?

Tempo de leitura: 5 min

Escrito por eliogualberto
em 27 de outubro de 2021

Quanto se gasta em cada etapa da obra é uma informação bastante importante quando você começa a pensar e planejar o custo da sua construção.

Mesmo nas fases iniciais do estudo de viabilidade do projeto é interessante poder contar com estimativas que apontem estes custos por etapas.

Se você precisa saber como calcular os custos das etapas de uma construção, sem ter o projeto da obra ou ter feito um orçamento detalhado e já ficou preocupado achando que pode ser uma tarefa muito complicada, vou te tranquilizar, existe um forma fácil de fazer isto.

Os cálculos são estimativos, mas vão te dar uma boa ordem de grandeza dos valores, já que usam como base o CUB e parâmetros bem consagrados na construção civil brasileira.

É importante saber como o custo de construção por metro quadrado (m2) do CUB é composto.

Para isto você pode ler este artigo: https://gerenciadeobras.com.br/custo-por-m2-do-cub/

quanto custa cada etapa da obra

Porque saber quanto se gasta em cada etapa da obra é importante?        

Um orçamento de obras em etapas, tendo por base referências de outras obras similares já executadas, pode ajudar a reduzir erros de avaliação.

Tendo estes custos de obras por etapa de construção você poderá fazer várias análises, bem antes do projetos definitivos estarem prontos.

Conhecendo a grandeza dos valores de etapas como infraestrutura, estrutura, vedações e cobertura pode avaliar que já tem os recursos necessários para fazer uma primeira fase da obra.

Ou ainda, conhecendo os valores que serão gastos nas fases de acabamento pode concluir que vai precisar de mais recursos que o disponível para construir.

Sabendo a representatividade de cada etapa pode se dar mais foco àquelas que deverão ter maiores gastos, com uma atenção especial nas fases de projeto e especificações.

Saber qual é a fase mais cara de uma construção pode ser importante para analisar os momentos de maiores desembolsos dentro do cronograma de execução.

Como é calculado o valor das etapas de uma construção

Umas das fontes de dados muito conhecidas no mercado da construção civil são as tabelas que foram desenvolvidas na Revista Construção da Editora PINI.

Através de pesquisas realizadas nas construções, a revista chegou a faixas de percentuais que representam o custo de cada uma das principais etapas de uma obra.

Os índices foram levantados para obras residenciais de diversos tipos, prédios com e sem elevador, obras comerciais e industriais.

As obras residenciais foram categorizadas por tipo de acabamento, semelhante a metodologia do CUB.

Assim temos obras de acabamento fino, médio e popular.

Cada um destes padrões de acabamentos apresentam índices diferentes, o que faz todo sentido já que obras de padrões diferentes terão custos por etapas com representatividade diferentes.

É importante destacar que a Revista Construção da PINI não é mais encontrada para venda, foi descontinuada.

A editora passou por reformulações e atualmente os produtos que vende são digitais, dispostos no site loja.pini.com.br.

São 14 etapas de construção, as quais vou transcrever nas tabelas abaixo, separando por padrões de acabamento e apresentando as faixas de percentual de cada uma delas.

Vou acrescentar uma pequena descrição sobre o tipo de projeto adotado para cada padrão de construção.

Padrão popular

– Residência Térrea: Área 63m², alvenaria de tijolos de concreto, janelas e portas de ferro com pintura esmalte e vidro comum, cobertura com telhas de fibrocimento, fachada e pintura interna caiação sobre reboco.

– Residência assobradada: área 79,40m², alvenaria em blocos de concreto, janelas de alumínio e portas de madeira, revestimento de azulejo nas áreas molháveis, argamassa e pintura látex nas áreas secas, cobertura com estrutura de madeira e telha cerâmica.

tabela custo de obra por etapas padrão popular

Padrão médio

– Residência Térrea: Área 215m², alvenaria de tijolos cerâmicos, janelas e portas de ferro ou madeira com pintura e vidro comum, cobertura com telhas cerâmicas, fachada com pintura látex PVA sobre massa acrílica.

– Residência assobradada: Idem a residência térrea.

tabela de custos de obras por etapas padrão normal

Padrão fino

– Residência Térrea: área 250m², alvenaria em tijolos cerâmicos, janelas e portas em alumínio e vidro temperado, fachada com pintura látex acrílica sobre massa acrílica, cobertura com laje impermeabilizada no lugar de telhas.

tabela de custos de obras por etapas padrão fino

 

Site para Calcular quanto se gasta em cada etapa da obra

O cálculo do custo de obras por etapas foi automatizado em uma planilha online no site Gerência de Obras.

Na mesma página do simulador de custo de obras, quando você calcula o custo estimado da sua construção a tabela já vai calcular de forma automática, também, as etapas.

Os percentuais utilizados são a média entre o valor mínimo e o valor máximo da tabela de padrão normal, apresentada neste artigo.

Foram feitos alguns ajustes de valores em algumas etapas para que o somatório chegasse em 100%.

Com esta tabela você obtém facilmente o custo total estimativo da obra e um valor de referência para cada etapa, permitindo fazer análises mais avançadas sobre os custos da sua obra.

site para calcular quanto se gasta em cada etapa da obra

Qual a etapa mais cara de uma obra?

Para você visualizara os números gerados com uso dos percentuais apresentados nas tabelas acima, gerei um exemplo.

O valor do CUB utilizado é de obra residencial de padrão normal, referência setembro de 2021, para uma obra com área de construção igual a 100m2.

Veja os números:

qual etapa mais cara de uma obra

Nesta tabela fiz uma separação entre custo de mão de obra e materiais, utilizando para este cálculo, também, um referência da PINI, com 35,56% para mão de obra e 64,44% para materiais.

Observe que a etapa mais cara da obra é o item 11, de revestimento, incluindo pisos, paredes e forros. O custo desta etapa equivale a 27% dos valores da obras.

Lembre-se que este percentual varia entre 25% a 31%, no caso de obras de padrão médio ou normal.

Outros itens de peso que podemos observar na tabela são: Superestrutura (13,65%), Instalações hidráulicas e sanitárias (12,75%), Vedação (8,9%), Esquadrias (9,1%) e Pintura (7,35%).

Conclusão

Com as informações do artigo você tem duas opções agora para calcular quanto se gasta em cada etapa da obra.

Pode fazer os cálculos utilizando percentuais diferentes dentro de cada faixa dos valores apresentados nas tabelas de referência, ou simplesmente utilizar o site Gerência de Obras para obter os números de forma rápida.

É sempre importante lembrar que quando se usa valores estimativos você precisa estar bem ciente das premissas adotadas para composição dos custos.

No caso do CUB deixei indicado logo no primeiro parágrafo um texto de referência, mas na própria página do simulador de custos de obras, onde você vai calcular os custos por etapa de construção, existem mais informações para que você entenda sobre o assunto.

Se quiser acrescentar mais informações sobre o tema deixe um comentário, se tiver dúvidas também, deixe sua pergunta que vou responder o quanto antes.

 

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!